Mais Notícias

Professores do Estado querem reajuste de 10,98% até 15 de maio

28/04/2015


Os professores da rede estadual de ensino aguardam até 15 de maio para definição do reajuste anual por parte do governo do Estado. A pedida da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) é de 10,98% para esta data-base.

O percentual, segundo a categoria, é o necessário para integralizar os 25,42% de reajuste dos professores, assegurado pela Lei 4.464/13, além do pagamento de 1/3 (um terço) da hora-atividade, também garantidos pela legislação.

A Fetems quer pressionar o governo a cumprir a legislação e lançou a campanha ’15 de Maio é o limite – A luta pela educação não para’.

“Historicamente só avançamos mobilizados e unidos, a Fetems está mais do que acostumada a ir para a luta pelos direitos dos trabalhadores em educação, obviamente que gostaríamos de resolver as questões no diálogo, mas a categoria cansa de esperar e temos que dar respostas concretas, por isso lançamos a campanha”, afirmou o presidente da entidade, Roberto Botareli.

Além da campanha, a Fetems promete uma maio mobilização caso o reajuste não fique dentro do patamar esperado. A entidade também cobra mais transparência da gestão estadual.

“Temos a questão das eleições de diretores e os retrocessos apresentados pela SED (Secretaria de Educação), a questão das convocações que a secretaria continua tratando como uma verdadeira caixa-preta”, finalizou Botareli.


Midiamax